CAASC participa de campanha para carnaval sem assédio

Movimento "Não é Não" tem como objetivo coibir casos de violência contra a mulher

Fri Mar 01 00:00:00 BRT 2019

A Caixa de Assistência dos Advogados de Santa Catarina, junto à OAB Santa Catarina e a Comissão da Mulher Advogada, está fazendo parte de um movimento que vem ganhando cada vez mais força: a campanha Não é Não, que tem como finalidade assegurar que as mulheres se divirtam sem sofrerem qualquer tipo de violência sexual durante o carnaval.

Como parte da ação de conscientização, a CAASC está divulgando em suas redes sociais peças publicitárias com os dizeres da campanha.

De acordo com a presidente da Caixa, Cláudia Prudêncio, é fundamental que a CAASC faça parte desse movimento tão atual e necessário. “O que desejamos não é só viabilizar o debate sobre o assédio, mas atuar na conscientização da sociedade. Queremos abrir o diálogo para mostrar a partir de que ponto começa a importunação contra a mulher. Qualquer coisa sem consentimento ou que venha depois do não, é assédio”.

Um levantamento encomendado pela ONG Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), feito em fevereiro deste ano pelo instituto Datafolha, revela que nos últimos 12 meses, 22 milhões de brasileiras passaram por algum tipo de assédio, sendo que mais da metade das vítimas (52%) não denunciou o agressor ou procurou ajuda.

Vale destacar que a importunação sexual é crime e a pena varia de 1 a 5 anos de prisão. A pena ainda é agravada se houver violência ou grave ameaça para obrigar uma mulher a praticar qualquer ato libidinoso e configura como crime de estupro com pena de 10 anos de prisão.

Caso sofra ou presencie um caso de violência sexual, ligue para o 190 ou para o 180 e chame
a polícia.